Pensão por morte?
A G7 Assessoria Previdenciária pode de ajudar!

A G7 Assessoria Previdenciária dá mais um passo para fazer valer os direitos dos brasileiros. Agora, a G7 trabalha também para que a pensão por morte seja recebida por todos que a têm direito!

PENSÃO POR MORTE? A G7 ASSESSORIA PREVIDENCIÁRIA PODE DE AJUDAR!

A G7 Assessoria Previdenciária dá mais um passo para fazer valer os direitos dos brasileiros. Agora, a G7 trabalha também para que a pensão por morte seja recebida por todos que a têm direito!

O que é a pensão por morte do INSS?

A pensão por morte é para os dependentes do trabalhador urbano falecido, que na data do óbito:

  • Possuía a qualidade de segurado;
  • Recebia benefício previdenciário;
  • Já tinha direito a algum benefício antes de falecer.

Como funciona a pensão por morte?

Para o recebimento do benefício, é necessário que o segurado tenha ao menos 18 contribuições junto ao INSS.

Caso seja solicitado em até 90 dias após a morte, o benefício é concedido contando a partir do dia do óbito. Após este período, a concessão do benefício é a partir da data da solicitação.

Quem tem direito à pensão por morte?

  • Dependentes da pessoa trabalhadora urbana falecida.
  • Para cônjuge ou companheira: comprovar casamento ou união estável até a data do falecimento;
  • Para filhos e equiparados: possuir menos de 21 anos de idade;
  • Para filhos e equiparados inválidos: com invalidez confirmada pela perícia;
  • Para os pais: comprovar dependência econômica;
  • Para os irmãos: comprovar dependência econômica e idade inferior a 21 anos de idade, a não ser que seja inválido ou com deficiência.

Quer entender melhor este benefício? Consulte agora mesmo um dos nossos consultores, entenda em detalhes como funciona o processo de pensão por morte e verifique se você tem direito!

NÚMEROS

Mais de

0 mil
clientes atendidos

Cerca de

0 %
de benefícios concedidos

Mais de

0 anos
de história

A G7 Assessoria Previdenciária!

A G7 – Assessoria Previdenciária nasceu para ajudar os cidadãos brasileiros a reivindicarem seus direitos e usufruírem de benefícios que são garantidos por lei.

Notamos que direitos previdenciários tendem a ser burocráticos por questões que precisam da intervenção de um advogado e de especialistas para serem liberados.

Com vasta tradição e sendo uma pioneira em assistência previdenciária, a G7 – Assessoria Previdenciária tem o compromisso de ir além de fazer valer direitos. Ir além, significa que a nossa empresa preza pela parceria com os nossos clientes, luta para que o valor concedido seja sempre o maior possível, e prioriza um atendimento humanizado, ético e comprometido.

COMO FUNCIONA?

  1. Você realiza uma AVALIAÇÃO GRATUITA com a G7 Assessoria Previdenciária e verifica se tem direito ao auxílio-maternidade!
  2. Tendo direito, reunimos toda a sua documentação e nossos advogados abrem um recurso no INSS solicitando o seu benefício!
  3. O processo é aberto e protocolado
  4. O INSS responde a ação dos nossos advogados, informando o valor do seu benefício, data e local para que VOCÊ (somente você) realize o saque!
  5. Você já conta com a renda do auxílio-maternidade no seu orçamento e fez valer algo que é seu por direito!

O processo do auxílio-maternidade é simples e eficiente quando se conta com a parceria de uma assessoria previdenciária séria, competente e especializada.
Todos estes requisitos, você só encontra como a G7 Assessoria Previdenciária! Realize agora mesmo uma avaliação gratuita conosco e comprove como somos a sua parceira ideal para fazer valer os seus direitos!

Faça uma avaliação gratuita!

Descubra em poucas perguntas se você possui direito ao auxílio maternidade.

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE
O BENEFÍCIO MATERNIDADE

Solicitar o seu auxílio maternidade é muito simples! Basta entrar em contato com a G7 Assessoria Previdenciária, organizar a sua documentação e o nosso advogado irá protocolar tudo no INSS.

Para a garantia do benefício é necessário já ter registro em carteira ou ter contribuído de forma independente com o INSS por ao menos 05 meses.

  • Mães com crianças de até 05 anos
  • Mães que tiveram aborto não criminoso
  • Mães que concluíram o processo de adoção ou guarda judicial para fins de adoção
  • Casos de natimorto (quando a perda do bebê ocorre após a vigésima terceira semana de gestação ou durante o parto)
  • Mães que se encontram desempregadas no momento de solicitar o benefício.

O dinheiro é depositado diretamente na conta da mãe ou sacado somente por ela munida de um documento oficial com foto e da carta de concessão.

Mulheres que sofreram aborto espontâneo ou não criminos, também podem ter direito ao auxílio maternidade.

O valor do auxílio maternidade depende do tempo de contribuição com o INSS. Em geral, os valores podem chegar a 7 mil reais.

Sim, o auxílio maternidade é para mães desempregadas que já contribuíram com o INSS.

O valor do auxílio-maternidade 2021 pode variar de 4.100,00 a R$ 7.900,00.

O banco destinado para recebimento será sempre o banco mais próximo da residência da mãe ou o banco em que a mesma possuir conta.

O pagamento ocorre sempre após o nascimento da criança e da emissão da certidão de nascimento do bebê.

O INSS vai definir se o benefício será pago à vista ou em parcelas, dependendo da idade da criança e do valor do benefício.

O prazo para a concessão do benefício é de até 45 dias após a concessão do INSS.

VEJA QUEM JÁ CONSEGUIU

Clique na imagem para ampliar!

Receba Novidades!

Receba diretamente em seu e-mail dicas, ações promocionais e notícias exclusivas. Cadastre-se hoje mesmo!

Saiba agora se você tem direito a pensão por morte

Sem pagar nada por isso!
Dúvidas?
Fale com um especialista!
(11) 9 8936-4328
Chamada Gratuita
0800 601 8400

© COPYRIGHT 2021. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Termos de Uso e Política de Privacidade

É expressamente proibida a cópia, reprodução sem autorização prévia.
G7 SERVIÇOS PREVIDENCIÁRIOS EIRELI| CPNJ: 33.187.737/0001-14