O que toda a mamãe de primeira viagem precisa saber?

A chegada do primeiro filho é um misto de sentimentos. Cada mulher tem suas dúvidas sobre a maternidade e recebe uma série de conselhos que, muitas vezes, podem mais confundir do que ajudar. 

 

Para te ajudar nesse momento tão importante, separamos algumas dicas essenciais para que a sua experiência com a maternidade seja segura e consciente, proporcionando toda a saúde e cuidados necessários. Boa leitura!

 

A importância do pré-natal para as mamães de primeira viagem

 

Você sabia que o pré-natal é um acompanhamento muito importante para a gestação? Esse período é uma estratégia médica para a redução da mortalidade materna e a garantia de uma gestação sem riscos. 

 

O pré-natal pode ser feito de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde, o SUS, que oferece um acompanhamento completo, onde é possível solicitar exames, medicamentos, se necessário, e acompanhar todo o desenvolvimento do bebê. 

 

Como o SUS pode atender as mamães de primeira viagem? 

 

Para a gestante ter acesso ao pré-natal pelo SUS, é importante que ela faça o seu cartão do SUS. Com o cartão em mãos, a futura mamãe só precisa ir até a unidade de saúde mais próxima para iniciar o pré-natal. 

 

Buscar o conhecimento médico pode ajudar as mamães a se manter informada, buscando sempre o melhor para a sua gestação. Por isso, é importante também ficar atenta aos principais mitos e verdades sobre a gestação. 

 

Mitos e verdades sobre a primeira gestação

 

Existem muitas crendices populares que podem confundir as mamães de primeira viagem. Para isso, separamos as mais comuns para você ficar atenta e saber o que pode ou não contribuir para uma maternidade segura. 

 

“Se a barriga estiver pontuda, é menino. Se estiver arredondada, é menina”. MITO

 

Muitas mamães já escutaram isso durante a gravidez, mas a verdade é que a definição do sexo do bebê só ocorre através de exames médicos. Não existe nenhum estudo que comprove outros métodos para descobrir se é menino ou menina. 

 

“O feto consegue sentir quando a mulher está em uma relação sexual”. VERDADE

 

O bebê é capaz de sentir o prazer que a relação sexual proporciona à mulher. Ou seja, se a relação proporcionar um bem-estar à mamãe, o bebê sentirá esse relaxamento. A relação sexual é permitida durante a gravidez, desde que não existam restrições médicas. 

 

“Se a mulher tiver o primeiro filho de cesárea, ela não pode ter o segundo de parto normal.” SERÁ? 

 

Para responder a essa pergunta, o canal do YouTube Poder de Mãe, apresentado por Ivesile Fonseca, que é mãe, advogada e professora, recebeu uma especialista para falar sobre o assunto. 

 

Quem vai comprovar se isso é um mito ou verdade é Debora Farias, enfermeira e mãe de dois filhos, e também vai dar dicas muito importantes para uma gestação segura para as mamães de primeira viagem. 

 

Acesse o vídeo aqui 

 

SAIBA TUDO: DÚVIDAS DA MÃE DE PRIMEIRA VIAGEM | PODER DE MÃE

 

Acompanhe o canal do Poder de Mãe no Youtube e tenha acesso a informações essenciais para uma maternidade saudável e consciente. 

Compartilhe este artigo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on google

Garanta seu auxílio maternidade

Fale com um especialista e descubra hoje se você pode ter direito ao benefício.

Posts Recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *